Orientações Cosméticas nas Alopecias

Há diversas doenças que acometem os cabelos que acarretam em perda difusa dos fios, como as alopecias androgenética, senis, areata difusa, cicatriciais difusas e eflúvios.

Pacientes portadores desses quadros, muitas vezes procuram a nós dermatologistas querendo algo além do tratamento medicamentoso.

Sabendo orientar cuidados cosméticos a esses pacientes , os mesmos conseguirão cuidar melhor da aparência dos cabelos, disfaçar o quadro e também aderir mais ao tratamento medicamentoso.

Normalmente pacientes com alopecia difusa possuem o couro cabeludo mais oleoso, quer pela própria doença causadora do quadro, como Síndrome dos Ovários Policísticos, Alopécia Androgenética, quer por medicações que indicamos ao tratamento (corticóide tópico, minoxidil,…).

A oleosidade deixa os fios com aspecto opaco, sem volume, sem maleabilidade.

Para isso, devemos estimular a lavagem com maior frequência do couro cabeludo (se necessário diária), retirando mitos que a grande maioria têm de que o cabelo irá cair mais por lavar frequentemente ou até mesmo apodrecer.

Mas qual xampu escolher? Os xampus são substâncias formuladas primeiramente para limpeza do couro cabeludo e secundariamente dos fios.

Para limpeza são escolhidas substâncias detergentes potentes, porém essas acabam deixando os fios com aspectos ressecados, sem brilho, com dificuldade de desembaraçar.

Para fazer uma boa limpeza sem danificar tanto os fios, temos disponíveis os xampus 2 em 1, que são produtos com substâcias detergentes potentes e adição de substâncias condicionantes ( proteína animal hidrolisada, glicerina, dimeticona, cimeticona, polivinilpirrolidona, propilenoglicol, cloreto de estaralcórneo) que têm função antiestática, melhor gerenciamento e brilho.

Não são produtos com xampu e condicionador na mesma fórmula e sim xampu com substâncias condicionantes.

Se o paciente apresentar dermatite seborreica, associar xampu anticaspa 3x/semana.
E em todos os casos, utilizar xampu antiresíduo 1x/semana.

Todas as vezes que usar xampu anticaspa ou antiresíduo fazer uma segunda lavagem com xampu condicionante.

E os condicionadores? Ao contrário dos xampus, essas substâncias são pobre em limpeza, porém transmitem suavidade e capacidade de gerenciamento.

Tem ação temporária (até uma próxima lavagem) e dão maior adesão das cutículas, retificando e aumentando a reflexão de luz nos cabelos. Como paciente com queda de cabelos frequentemente possui danos capilares, recondicionar é muito importante para o manejo.

Pode se usar condicionadores no banho (com enxague), como os imediatos, os profundos (máscaras) e o hair thickening (que contém aminoácidos que teriam a função de “engrossar” o fio) ou condicionadores pós banho ( sem enxague), como os leave in e os finalizadores ( derivados de queratina que consertam temporariamente pontas duplas).

Pacientes com fios fáceis de manejar, orienta-se xampu 2 em 1 + condicionadores pós banho, caso contrário, muito danificados, difíceis de desembaraçar, usar os pós banho.

Devemos aconselhar também, evitar manipulação dos cabelos molhados, pois favorece a ruptura.
Separar apenas com dedos os fios molhados e após ligeramente secos usar pentes de dentes largos. Escovar o menos possível para evitar danos.

Pode ser usado produtos para estilizar os fios, como gel de modelar, mousses e spray de fixação. Fios longe do couro cabeludo dão maior sensação de plenitude. Manter corte comprimento mediano, franjas, repicar para ilusão de maior volume. Permitir que os pacientes pintem os cabelos.

Cores claras contrastam com o couro cabeludo, o que dá impressão de “mais cabelos”, assim fazer luzes, reflexos, mechas.
Porém sempre orientando usar produtos certificados, de boa qualidade, para cabelos danificados e fazer com um profissional de confiança.

Em casos de falhas mais intensas, existem maquiagens de couro cabeludo (hair building fiber), que são pós de microfibras de queratina que aderem eletrosticamente aos fios, dando volume e cobrindo as áreas de rarefação.

Portanto, o tratamento medicamentoso nos casos de alopecia difusa fica limitado a indução de crescimento capilar nos folículos viáveis e não melhorar a condição do cabelo existente.

Os cuidados cosméticos trazem benefícios mais rápidos que o tratamento medicamentoso. A associação otimiza o tratamento, aderência do paciente e satisfação.